Jaime

António Pedro Vasconcelos volta ao grande écran nos finais da década de 90 com este Jaime, um filme sobre uma criança que trabalha à noite, às escondidas dos pais, com a secreta esperança de recuperar uma felicidade perdida a todos os níveis. Esta produção alcançou um êxito assinável em termos de público.

SINOPSE

Madrugada. Padaria no Porto. No meio dos adultos, alguns miúdos fazem pão. Um deles trabalha com uma máquina.
Um grito de dor lança a confusão. Maldizendo a sorte, o patrão transporta a criança ferida ao hospital. JAIME acompanha-os. Carrega na mão um saco de gelo com os dedos decepados do amigo. A violência da cena não perturba o sangue frio do patrão que despede JAIME para evitar problemas com a Inspecção do Trabalho.
Este é o ponto de partida da ‘aventura’ de JAIME, um miúdo com treze anos que trabalha de noite às escondidas da mãe e do pai, convencido de que o dinheiro lhe permitirá comprar a felicidade perdida.
JAIME não aceita que os pais estejam separados e tudo fará para os juntar de novo…

FICHA TÉCNICA

Realizador: António Pedro Vasconcelos | Género: Drama
Ano: 1999 | Data da Estreia: n/d
Com: Saúl Fonseca, Fernanda Serrano, Joaquim Leitão, Nicolau Breyner, Rogério Samora

À Venda na FNAC

1 Comentário em “Jaime”

  1. Boa tarde,

    Gostaria de saber como se chama a música da última cena do Jaime, quando ele atravessa a rua na moto.

    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.