Autoridade da Concorrência rasga Zon Card

Paulo BrancoA promoção My ZON Card, da ZON Lusomundo, está suspensa durante 90 dias por ordem da Autoridade da Concorrência. Esta medida surge na sequência da queixa apresentada pelo também exibidor Paulo Branco.

Segundo o dono da Medeia Filmes, em declarações ao Diário de Notícias, a promoção da ZON Lusomundo “oferece potenciais 4o milhões de entradas gratuitas num mercado onde se registam, anualmente, a venda de 15 milhões de bilhetes de cinema”, o que, segundo o produtor, “ditará o fim, a muito curto prazo, da existência de qualquer outro operador que não a Lusomundo”.

Curiosamente, a Medeia Filmes tem também um cartão que permite o acesso ilimitado às suas salas de cinema mas, ao contrário do My ZON Card, o Medeiacard é atribuído mediante o pagamento de uma mensalidade de € 15,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.