(Ce n’est pas une) Chanson d’Amour

(Isto não é uma) Canção de Amor | Apresentado em versão integral

SINOPSE

Estaremos nós preparados para uma experiência de amor incondicional?
Somos capazes de dar, quando não haverá nada a vir em troca?
Ele estava apaixonado por ela, e este amor cabia perfeitamente no seu coração…
Tão perfeitamente, que ele acreditaria que este amor estava protegido, e protegia tudo ao seu redor.
Ele sentia que o seu amor por ele era frágil, fraco.
Ela não consegue suportar a sua própria incapacidade em amá-lo.
Ela esforça-se por deixar-lhe alguns sinais…
Mas ela também descobre que é, também, incapaz de se libertar .
Mesmo vazia, mesmo sem amor algum.
O sobreiro, o grande lago, o velho apartamento e o seu piano são as portas de entrada de um castelo de mil sombras, onde o autor forçosamente entra para reencontrar o tempo perdido, as fronteiras entre o real e o irreal.
O amor, este sublime elemento, cria um ponte entre duas margens. Mas teremos permissão para atravessá-la em qualquer momento?
Do tom maior para o menor, esta ‘canção de amor’ deixa-nos uma impressão real do que acontece todos os dias nas relações, na paixão e no amor, no mundo em que vivemos.

FICHA TÉCNICA

Realizador: Alexandre Braga | Género: Ficção, Drama, Curta
Ano: 2009 | Data da Estreia: n/d | Duração: 9’30m
Com: Nereu Afonso da Silva, Isabelle Elizéon e Sofia Luz

1 Comentário em “(Ce n’est pas une) Chanson d’Amour”

  1. Meus queridos amigos, de vocês não podia ser menos que isso. Belo na mais ampla acepção do termo. Que saudade imensurável,indizível e indescritível de vocês. Estejam na Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.