A Espada e a Rosa

SINOPSE
Manuel despede-se das rotinas da sua vida lisboeta e embarca numa caravela portuguesa do séc. XV governada pelas leis da pirataria. Uma traição a bordo desencadeia uma série de acontecimentos terríveis que o protagonista atravessa sem beliscar os seus princípios morais. Primeira longa-metragem de João Nicolau, que co-assina o argumento com Mariana Ricardo. Estreou mundialmente em Veneza e, em Portugal, no Estoril Film Festival. João Nicolau apresenta-o como um filme de aventuras e pirataria passado nos dias de hoje mas onde grande parte da acção decorre no mar, a bordo de uma caravela.

FICHA TÉCNICA
Realizador: João Nicolau | Género: Acção, Aventura
Ano: 2010 | Data da Estreia: 07-04-2011
Com: Joana Cunha Ferreira, Luís Lima Barreto, Manuel Mesquita, Nuno Pino Custódio e Pedro Faro

2 Comentários em “A Espada e a Rosa”

  1. Fico feliz em conhecer o cinema português e vejo que pelos títulos as histórias são mais interessantes que o cinema brasileiro. Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.